2

Joana, A Louca

Posted by Telma Myrbach on 4 de agosto de 2012 08:00 in ,

O livro mostra a vida de Joana, Rainha da Espanha, desde os 16 anos de idade quando ainda era tímida e tinha por maior sonho casar com um príncipe triste e solitário que teria sua vida modificada ao encontrar o amor em seus braços.

São bem mostrados, os aspectos da personalidade de Joana: que foi de tímida, medrosa, sonhadora a bipolar (minha inferência), impulsiva, explosiva, e sempre ingênua. Sempre se deixando passar para trair. Repetidamente, pelos que ama: marido, pai e filho.

A História, sem dúvida, é interessante, mas não gostei da maneira como foi contada.

A narrativa é feita na 3ª pessoa do singular, de maneira moderna e os diálogos são na 2ª pessoa do plural, à moda da época.

No meu ponto de vista, detalhes importantíssimos ficaram sem ser explorados (não há como exemplificar demais sem deixar escapar “spoilers”, mas são facilmente detectados quando o livro é lido). Mortes importantes na família real acontecem como menção rápida e a gente tem impressão de ter pulado 1 capítulo sem querer.

Por outro lado, descrições exageradas (muito longas e desnecessárias, em quantidade) das roupas, quartos, salas do palácio, etc, perfazem parágrafos inteiros, como os exemplos abaixo:

Maria inspecionou atentamente o vestido de brocado, dando um pequeno puxão aqui, um toque ali, de forma que apenas a porção exata da combinação entrevisse nos golpes que desciam pelas mangas. Inspecionou os pontos acabados havia poucos, que uniam as mangas do corpete, e o cair deste sobre a saia. Depois, afastou as largas mangas, expondo exatamente quinze centímetros de forro de cetim amarelo e os punhos da combinação, bordados a ouro e vermelho. Em seguida ajustou o peitilho de fio de ouro muito delicado, finamente tecido e coberto de rubis sobre o peito de Joana, esticando-o e pregando-o cuidadosamente à combinação. Por fim abotoou o fecho do colar com o seu enorme rubi, presente de despedida da mãe.” p.54

“ ... a roupa de cetim e veludo tinha alfinetes e fechos com joias que lhe desciam pelo corpete e lhe seguravam as mangas abertas em ambos os pulsos e cotovelos. E, como era uma ocasião especial, decidira usar o colar herdado da mãe, a grade cadeias de setas de ouro artisticamente esculpidas. O manto de brocado negro estava circundado de pele de arminho e o capuz tinha uma orla de flores douradas delicadamente bordadas.” p.222

Também as refeições e cômodos do palácio são descritos com minúcia. Sei bem o quanto isso é importante para a contextualização e o quanto mostra a guerra de egos e poder dentre os representantes dos reinos mas, o livro os traz em demasia.
 
Descrições de roupas demais.
Descrições de fatos históricos de menos.

O título em inglês, “The Other Joana” (A Outra Joana), exprime a personalidade que Joana “adotava” para si quando precisava e o título em Português, “Joana, A Louca”, a maneira como era vista pelo povo. Ambos os títulos casam muito bem com a História dessa mulher marcante.

Quem tiver interesse em iniciar-se na História das alianças e desafetos entre e Espanha,  Áustria, França e Tordesilhas tem aqui uma boa leitura, portanto, recomendada.

Quem deseja aprofundar-se, bate a cabeça na areia: o livro é raso...rs*



|
Gostou?

2 comentários:

  1. nao o tinha na lista de "vou ler" e permanecerei assim, rs.
    Vc ja leu 1808? Eh bom? Queria ler, mas preferia ter uma indicacao antes :-)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li, Nanda... também quero ler... mas prefiro ter sua indicação antes! :p
    *smack*
    saudadesssssssssssss

    ResponderExcluir

Comenta aê!

Copyright © 2009 Retalhos Assimétricos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.