6

Telma Francione

Posted by Telma Myrbach on 26 de maio de 2012 15:45 in ,
Olá amigos!

eu sou aquela que adora o diálogo incessante... aquele que quando o livro fala, a alma responde.

Sou Pedagoga, ensino Inglês em uma Multinacional e sou casada com o Nicolas, um alemão que vive no Brasil por minha causa (não é emocionante??). É, sou romântica, afetuosa, adoro dar e receber carinho. Fiz mestrado em Medicina Holística, com ênfase em Psiquiatria – o que me deixou ainda mais louca do que já era.

Amo música!... em especial Rock ‘n Roll, tanto heavy quanto baladinhas, mas, também sou maluca por MPB e Blues (soooo sexy!!!!). Minha alma dói quando eu escuto algumas coisas atuais, mas, estando, entre amigos, se “ela canta eu danço”!

Amo dançar! Dei aulas de dança (especialidades de salão e dança sensual) durante um bom tempo da minha vida e hoje em dia, danço pela casa.

Amo ler! Vou de chick list à biografias. Vou de Dostoievski à Meg Cabot,... pra terminar em algum escritor brasileiro que está lançando algo novo, mas, abandono qualquer livro que não me agrade depois de algum esforço.

Amo escrever! Mas não sei! É, não sei escrever, mas, escrevo assim mesmo e, devo isso à minha mãe, que me convenceu de que tudo o que eu quiser fazer, eu sou capaz.  Ainda bem que eu ainda não quis ser astronauta... hehehehehe

Amo filmes! Meu gênero favorito é suspense e terror, mas, já assisti tanto filme, mas taaaaanto filme, que agora não é qualquer novidade cheia de efeitos Hollywoodianos que me convence. Pra filmes sou mais exigente do que pra livros. Acho que meu subconsciente pensa que o autor solitário merece mais créditos do que toda “a casta” montada para o filme (que vai desde a seleção do “cast” ao lançamento).

Amo conversar! Mais com minhas cadelas do que com gente. Na verdade existem poucas pessoas com quem gosto de conversar tanto quanto gosto de conversar com minhas cadelas. Elas são inteligentérrimas, tem um senso de humor maravilhoso e me arrancam gargalhadas horríveis que vocês já já, saberão que tenho.

Não bebo, não fumo, não uso drogas mas, estou constantemente doidona e embriagada das coisas simples que a vida oferece que"ficam no vácuo" se vistas apenas com os olhos. Certas coisas devem ser sentidas! Sou uma criança que insiste em não crescer!

O lugar onde fico mais feliz na vida é na praia! Abro os braços, abraço o mar... e ninguém tira do meu rosto o sorriso constante de quem está em segurança, de quem está em casa.

Minha gargalhada é horrível e é ouvida em quilômetros de distância. Minha mãe já tentou melhorá-la (sério mesmo!), mas, meu marido adora, meus professores odiavam meus surtos de risos na faculdade, meus amigos amavam... bem seja como for, ela é persistente e não mudou nadinha... já eu... Eu mudo o tempo todo!

Estou adorando participar do blog. Muito honrada com o convite. Obrigada a todos pela recepção calorosa.

*smack*




|
Gostou?
7

Desafio da Imagem de Nanda Cris

Posted by Telma Myrbach on 25 de maio de 2012 22:15 in ,



Eu conheci Barack Obama... na verdade, ele me ensinou um pouco do Inglês que sei. Oh, yes! I speak English!
Isso te impressiona?
Não deveria... Deveria ficar impressionada apenas quando eu te contasse mais da minha vida,  das lições que Shakespeare me disse ao pé do ouvido. A voz daquele homem é tudo! Até hoje lembro, com um friozinho na barriga, quando ele, jogado ao chão, disse entre lágrimas: "Ser, ou não ser, eis a questão." Eu sei. Meio dramático, mas, assim é o SER. E a gente não escolhe a quem amar, então... amei! 
Falando em amor, fiquei caidinha mesmo fiquei por Sócrates. Conhece? Pouco antes de beber cicuta  ele me disse “conhece-te a ti mesmo” e, minha vida mudou.
Tá impressionada?
Já me encontrei com Marylin Monroe e ela me contou coisas da vida dela com JFK, de deixar o cabelo em pé (se eu tivesse cabelos), Hitler contou-me toda a estratégia visionária que tinha sobre a “nova raça”. Não concordei com ele e, mesmo sabendo que eu corria todos os riscos do holocausto, disse em alto e bom tom que todos somos iguais aos olhos do Criador e mandei Hitler se fu...errrrrrrrr... ãhhhhhhh... se... se catar!
Tá impressionada?????
Eu enfrentei os olhos malvados de Lestat, e notei os olhares que Lolita lançava ao padrasto, antes mesmo que ele se desse conta. Dia desses fiz mágica com Merlin, ri demais das travessuras do meu cachorro, o Marley, e compus com Chico Buarque logo depois de tomar um chá com Clarice Lispector.
Presenciei tragédias, teses, romances, suspenses, terror. Eu vi o Iluminado!!! Eu tava junto com ele quando ele praticamente disse “I see dead people”. Ah, ééééééééé” vc tem razão... num foi ele que disse, foi outro menino que também era iluminado.... bem, o fato é que eu conheci gente de todas as partes do planeta e até fora dele; presenciei a Criação e o Apocalipse do mundo!
E agora? Tá impressionada?????
É sério!
Que saco!
Odeio esse seu olhar de dúvida e essa cara de quem “sabe” que eu estou mentindo. Não tô! Não tô mentindo, merda!... E posso provar tudo o que digo.
Ai... desculpa!!! Desculpa falar palavrão e agir como agi agora, gritando, ficando nervosa e tudo o mais... melhor te contar coisas mais lights, né?
Bem, até semana passada eu estava morando com uma amiga. Uma amiga que tá sempre de bem com a vida, sorrindo e esbanjando simpatia, mas, ela me mandou embora... Fiz tudo o que pude para continuar pertinho, mas, ela despachou-me para São Paulo e, o lance é que: eu goxxxxxxxxxxxxxto do Rio (e desse sotaque goxtoso).
Agora minha casa é em Sampa. Assim que fui recebida na casa, minha nova amiga, falou não-sei-pra-quem: “aiquelindominhanossasenhorinha!!!, tem uma Hello Kitty no pacote.!!!!” Eu queria ver o que estava acontecendo mas, ela só abriu o pacote no dia seguinte... abriu o pacote e abriu um sorriso gigante quando viu um bilhetinho da minha amiga carioca. Leu o bilhete, cheirou o livro, olhou o marca página e suspirou. Olhou dentro dos meus olhos e disse: “que fofa”!
Bem... sendo bem honesta, eu não sabia se esse “que fofa” era pra mim ou pra minha amiga carioca, mas, gosto de pensar que era pra mim.
Foi quando percebi tudo!!! Eu não havia sido despejada ou mandada embora. Minha amiga só me mandou pra outro lugar pra eu viver novas histórias e conhecer gente nova... fazer novos amigos...
Agora estou prestes a conhecer uma mulher “Insaciável” e estou grudada na contra capa dela.
Quê? Não tá entendendo nada?  Já me sacou? Não, né?
Te digo quem sou: alguns não gostam de mim porque sou uma devoradora de livros....ok ok... nada de enigmas!
É isso...
Sou uma insaciável!
Uma insaciável..................................................... traça.


    
Tá impressionada?????




|
Gostou?
3

Uma nova colaboradora

Posted by Nanda Cris on 20:31 in ,
Mais uma amante de leitura aumentando as fileiras dos nossos colaboradores!
Apresento-vos Telma! Logo logo ela irá nos agraciar com um texto de apresentação para todos nós conhecermos essa alma iluminada que transborda simpatia e carisma.
E como não podemos deixar passar, temos que fazer um ritual de iniciação: um desafio!

Telma, vou ser boazinha (quero ir pro Céu, sabe como é, rs) e vou te passar o desafio da imagem. Como funciona? Eu te dou uma imagem e você tem que escrever um texto sobre ela. Em que formato? No que você quiser e seu coração desejar, aceitamos até bula de remédio! Conte uma estória, nos faça rir, chorar, os 2 juntos, sei lá. Se joga, se solte e qualquer dúvida, só perguntar para qualquer um de nós!

A imagem (como te conheci no Skoob, achei que seria uma imagem condizente):


Segue aqui um link de um exemplo de desafio de imagem, só para você ter uma idéia de como funciona: http://retalhosassimetricos.blogspot.com.br/2012/01/resposta-ao-desafio-da-imagem.html
Solte a imaginação, o céu é o limite.
Boa sorte no seu primeiro desafio e seja muito bem vinda!

|
Gostou?
1

Língua Portuguesa (1)

Posted by PatyDeuner on 24 de maio de 2012 08:47 in , , , ,
                                                                                    


CURSO RÁPIDO DE GRAMÁTICA

"Filho da puta" é adjunto adnominal quando a frase for: ''Conheci um político filho da puta". 

Se a frase for "O político é um filho da puta", aí é predicativo.

Agora, se a frase for "Esse filho da puta é um político", é sujeito.

Porém, se o cara aponta uma arma para a testa do político e diz "Agora nega o roubo, filho da puta!", aí é vocativo.

Finalmente, se a frase for "O ex-ministro Alfredo Nascimento, aquele filho da puta, desviou o dinheiro das estradas", aí é aposto.

Que língua a nossa, não?!

Agora vem o mais importante para o aprendizado. Se estiver escrito "Saiu da presidência em janeiro e ainda se acha presidente", o filho da puta é sujeito oculto.



|
Gostou?
3

Vício

Posted by PatyDeuner on 23 de maio de 2012 09:49 in , , , ,


"Aquele que tem por vício a leitura, droga alucinógena das mais leves, acabará cada vez mais dependente dela. E o pior, passará para drogas mais pesadas, como a escrita. Nesta fase crítica, o leitor, agora escritor, tende a fugir regularmente da realidade e ter devaneios de que, assim como Deus, é criador de Universos inteiros."
Jefferson Luiz Maleski 




|
Gostou?
2

A ADVOGADA EVANGÉLICA

Posted by PatyDeuner on 09:21 in , , , , ,
             

Recebi por email e na verdade não sabia em que marcador colocar, uma vez que se trata de uma história verídica. Resolvi colocar em piadas...por motivos óbvios.

Olha só esse inusitado pedido de uma advogada da OAB do Rio de
Janeiro!!! Se achar que é mentira, entre no site da OAB/RJ, vá em
coluna dos inscritos' e digite o nº de inscrição registrado na
petição (abaixo)!!!


Exmº. Sr. Dr. juiz da 16ª. Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.
Jocilene Couto Nascimento, advogada do reclamante Valeira Gomes Pliger
da Silva, vem, ante a presença de V. Exª., informar que, de uma forma
ou de outra, resolveu renunciar aos poderes doados pelo autor na folha
da procuração. Que a presente renúncia tem motivos justificadores
suficientes, trazendo desânimo até a alma; senão, vejamos agora:


1 - A ilustre advogada renunciante é considerada pela maioria a maior
advogada de Duque de Caxias (RJ), a mais brilhante, pois sou
competente, conheço muito o direito, o errado e o certo. Minha
insatisfação é originária da mudança no nome de 'Justiça do Trabalho'.
Antes, chamava-se JCJ (Junta de Conciliação e Julgamento), e agora
passou a chamar-se "Vara". Esta nova denominação me trouxe e me traz
diariamente imensos e grandes constrangimentos.


2 - Antes, para vir fazer audiências ou acompanhar processos eu
entrava na Junta, e agora sou obrigada a dizer "estou entrando na
Vara", "fui à Vara", "fiquei esperando sentada na Vara". Não concordo.
Sou mulher, evangélica, não gosto de gracejos. Deixo a 'Vara' para
quem gosta de 'Vara': funcionários 'varejistas', homossexuais, que tem
muito, fiquem na 'Vara', permaneçam na 'Vara', trabalhem com 'Vara'.
Saio desgostosa por não concordar com termo pornográfico, vara pra lá,
vara pra cá...


Em tempo - Outro dia, estava entrando no prédio da Justiça do Trabalho
e o meu telefone celular tocou. Era meu marido. Ele perguntou: "onde
você está"? E olha só o constrangimento da minha resposta: "Entrando
na décima Vara".
Assim, comunico minha renúncia. Já comuniquei verbalmente a meu
ex-cliente, tudo na forma da lei.


Assim posto,
Peço e aguardo deferimento.
S. J. de Meriti p/Rio de Janeiro, 05-05-2002.
Jocilene Couto Nascimento
Advogada - OAB-RJ 83.191"


|
Gostou?
2

Outonos recicláveis

Posted by Drica Chica on 22 de maio de 2012 16:20 in

     Outono sempre vem acompanhado de cheiro de café com bolo no fim de tarde e de vinho com sopa à noitinha. Ah, tudo fica mais gostoso! Tomar chocolate quente antes de dormir, se maquiar sem se preocupar se vai ficar parecendo uma personagem de filme de terror em poucas horas, colocar uma roupa elegante e bonita e se sentir bem com ela o dia todo, ver filme e comer pipoca embaixo do edredom, namorar... E os dias ensolarados então? Que delícia poder caminhar sem sofrimento com o sol não te torrando e sim te esquentando, te dando aquela sensação única de aconchego e conforto... É maravilhoso!



     Foi num dia desses de temperaturas mais baixas aqui no Rio de Janeiro, fazendo minha caminhada vespertina que atentei para um fato que me intrigou: a quantidade de lixo aumentou nas ruas.  Parece que o tempo ameno faz as pessoas ficarem mais em casa e além de consumirem mais alimentos parece que se dão conta de que é necessário fazer uma faxina para deixar a casa mais leve para o verão. E não é só lixo comum não! São principalmente eletrônicos em geral. Estes dias, em apenas um quarteirão, me deparei com duas TVs, um liquidificador,um aparelho de videocassete, um gabinete de PC,  um monitor CRT com teclado e um secador de cabelos junto ao lixo doméstico colocado na rua para a colheita da Comlurb! 



     A princípio, é claro, julguei as pessoas por falta de senso, educação e etc (atirem a primeira pedra quem nunca pensou assim!). Mas depois parei para analisar a situação em si e me dei conta que tenho lixo eletrônico em minha casa, mas que não dei  fim a eles ainda porque não consegui encontrar nenhum lugar aqui no RJ que aceitasse esse tipo de lixo. Com tantas campanhas de conscientização do uso do meio ambiente e tal, mas nenhuma entidade ainda se preocupou com esse tipo de lixo na minha cidade. E sabe o que é pior? As pessoas não tem ideia do que o descarte errôneo desse tipo de lixo possa causar ao meio em que vive. Segundo dados do Greenpeace, por ano, são produzidos até 50 milhões de toneladas desse tipo de dejeto no mundo inteiro.  
     A questão principal não é só o espaço ocupado por esse lixo. O perigo é que a maior parte dos aparelhos eletrônicos usa em sua fabricação metais tóxicos, como mercúrio, chumbo e cádmio. Quando um computador vai para o aterro sanitário, essas substâncias reagem com as águas da chuva e contaminam os afluentes e o solo. Mas a Dona Dalva aqui do prédio sabe o que são metais tóxicos? O Sr. Zé que passa com seu carrinho catando lixo para vender sabe  que mercúrio não é só aquele negocinho vermelhinho que coloca em machucado? É preciso dar educação para essas pessoas! É claro que para uma senhora de 83 anos que só fez até o "ginasial" e para o Senhorzinho do carrinho que mal sabe escrever seu nome é mais complicado ensinar como se deve reciclar, mas acredito que as mídias deveriam ser mais participativas nessa campanha educacional para o meio ambiente.  
     Dona Dalva e Sr. Zé assistem “Avenida Brasil” e todos esses folhetins que passam por aí, e porque não ser obrigatório esse tipo de informação nesses programas que são assistidos em massa pela população mais carente  e com pouca formação ? Isso não dá Ibope... Como educadora percebo que a massificação desse tipo de informação é necessária para que não somente os jovens possam ter essa consciência, mas também os mais velhos. Já vi pessoas mais velhas recriminando as mais novas denominando-as de “eco chatas” por querer fazer a coisa certa. Já vi professores literalmente fazendo a sala dos professores de lixão, mesmo tendo os recipientes para jogar fora o lixo separado. Sim, professores, você entendeu direito. Já vi mãe mandar o filho jogar o lixo pela janela do ônibus, e brigar com mesmo por causa da sua recusa. Pois é, e você, que guarda o lixo para jogar fora na caçamba, que leva sacolas descartáveis para o supermercado e lojas, que reutiliza água da lavagem de roupas para lavar o quintal e a varanda, que acumula óleo de cozinha em vasilhas para reciclagem e que enfim, guarda toda sucata eletrônica em casa por não ter onde descartá-las, você sim é tachado como o eco chato, acumulador e bagunceiro. Eu prefiro ser a eco chata, e continuar a jogar a sementinha na terra arenosa, e você?


|
Gostou?
2

Para todos os dias da sua vida

Posted by PatyDeuner on 21 de maio de 2012 09:18 in , ,


Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
(Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.


Mateus 6: 25:34

|
Gostou?

Copyright © 2009 Retalhos Assimétricos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.