6

RESENHAS: Desafio Realmente Desafiante - The Walking Dead - Caminho para Woodbury

Posted by Samantha Freitas on 23 de maio de 2013 14:00 in , , , , ,



14. Ler um livro de zumbis.




 The Walking Dead - Caminho para Woodbury
Robert Kirkman e Jay Bonansinga


Com a pausa da terceira temporada de The Walking Dead, os fãs começam a buscar alternativas. Desde as histórias em quadrinhos que deram origem à série como os livros que vão aparecendo no mercado brasileiro.

Quando o livro saiu, eu o dei de presente de aniversário para uma amiga, na promessa de que ela me emprestasse o livro.

Li o livro bem rápido, porque ele tem altas doses de adrenalina e tensão. Como no seriado da TV, o livro é focado nas pessoas, no caso, cinco sobreviventes que tentam viver em meio ao caos e finalmente chegam a Woodbury, uma cidade murada, mas com jeitão de Velho Oeste.

O livro não tem final feliz. Para ser honesta, nem mesmo final tem... O que nos traz a expectativa de novos volumes.

O livro se divide em duas partes, na primeira os sobreviventes fazem parte de um grupo maior, mas por um ataque maciço de zumbis, acontece uma situação e por causa dela, dois deles são banidos da comunidade. Os três restantes resolvem acompanhá-los. 

Apenas um dos personagens me cativou e bem... não teve exatamente um final feliz. Aliás, nenhum deles tem um final feliz. Os conflitos entre eles não são nada perto da trama e da teia de intrigas que os cerca quando chegam a Woodbury.

Neste livro, pudemos conhecer melhor o Governador (Phillip Blake), que no livro é muito mais cruel e implacável do que na série.

Mesmo para quem nunca assistiu à série, o livro tem o poder de ambientar o leitor no ambiente apocalíptico de mortos-vivos. As descrições são ricas em detalhes, mas não são entendiantes. 

Os conflitos e brigas e até mesmo as situações de tensão são muito bem descritas e explicadas nos deixando num suspense e expectativa constante. 

Recomendo o livro como um thriller misto de horror e suspense. Porque as pessoas, são muito mais difíceis e perigosas de se lidar do que os mortos-vivos. 


Tempo: 7 dias
 Finalidade: Entretenimento/Espera entre as temporadas do seriado.
Restrição: Crianças e Pessoas com problemas cardíacos
Princípios ativos: Zumbis, Thriller Psicológico

Título: The Walking Dead - Caminho para Woodbury
Autor(a): Robert Kirkman e Jay Bonansinga
Editora: Galera Record
Número de Págs.: 336 páginas

|
Gostou?

6 comentários:

  1. Não consigo gostar de nada relativo a Zumbis...sei lá, me parece uma coisa tão além da imaginação!

    ResponderExcluir
  2. Também não gosto muito dessa coisa de zumbis e não tenho curiosidade nem de ver a série. Só gostei da história da Nanda sobre zumbis...né Nanda? Pois tem final feliz e tudo! ^^

    ResponderExcluir
  3. Sobreviventes e sobreviver numa msm frase não ficou legal, tia Sammy...
    Eu gosto de zumbis (inimigos noturnos nao me deixa mentir, rs) mas gosto de zumbis bonzinhos e finais felizes. Sim, eu tenhio problemas, hahaha.
    Eu tenho esse livro, quem sabe em 2015 nao consigo ler, rs?

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca gostei de zumbis também. Masss o livro não foca os monstros... Assim como a série, ele foca as pessoas, as reações e principalmente, como elas agem numa situação de caos. Foi isso que me atraiu ;-)

    Nanda, você tem razão, estou corrigindo agora!

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Já li esse livro e gostei.
    O seriado é bem mais legal, e não achei o segundo livro melhor que o primeiro, é meio cansativo...
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante sua resenha, Sammy. Confesso que o tema zumbi não costuma ser algo que me atrai... mas o enfoque deste livro é bem instigante. Esta frase me convenceu de que esse livro deve ser lido:
    " Porque as pessoas, são muito mais difíceis e perigosas de se lidar do que os mortos-vivos."
    Fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir

Comenta aê!

Copyright © 2009 Retalhos Assimétricos All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.